segunda-feira, 21 de setembro de 2015

Osteria Dino

  No último sábado convoquei alguns amigos para conhecermos a recém inaugurada Osteria Dino. Localizada no charmoso Centro Histórico de São José (que eu torço para que um dia tenha vários restaurantes e barzinhos em volta da Praça, valorizando as casas coloniais que ali estão), a casa abriu as portas no dia 12 de setembro e eu; particularmente; acredito que o restaurante tem tudo para virar o novo queridinho dos que valorizam uma boa comida italiana.

Floripa na Mesa
  O Osteria Dino foi idealizada pelo Chef Dino Pisselline, italiano que reside no Brasil há muitos anos. No nosso jantar, tivemos oportunidade de conhecê-lo; simpático e comunicativo; Dino nos contou um pouquinho da sua história. Antes de criar raízes em Florianópolis, teve a oportunidade de trabalhar em lugares renomodados- dentro e fora do Brasil -, deixando o seu currículo digno de um excelente chef. Nos seus 25 anos de cozinha passou pelo Cipriani de Veneza, foi Chef Executivo do Copacabana Palace (RJ), inaugurou a rede de restaurantes do Hotel Sheraton, foi o cozinheiro chefe do Fratelli (RJ), gerenciou a cozinha do resort Luxury Cafayateand Wine Spa em Salta (Argentina) e no La Tavola (Aracajú). Em Florianópolis, dedicou-se a eventos e jantares privados e criou o menu do restaurante Donna de Jurerê Internacional
  
  Após procurar em vários lugares, foi no Centro Histórico que Dino e seus dois sócios - Marco e Federico - acharam a charmosa casa que receberia a Osteria. O lugar é amplo aconchegante, rústico e charmoso. Além do amplo salão, possui mesas externas já aguardando pelos dias de verão, espaço kids e uma lateral de vidro com vista para a pracinha, e foi o lugar que o simpático atendente nos indicou no momento da reserva. Dando cor as paredes da casa, está a bela exposição fotográfica "Gente Forna & Cores" da fotógrafa Roberta Sartorato

Imagem: Osteria Dino

Imagem: Osteria Dino
  O cardápio é enxuto e interessante. Nas entradas opções de polentas, bruschettas e carpaccios. Nos pratos principais, além dos pratos italianos tradicionais como as pastas, risottos e gnochi, traz a carne e os frutos do mar mesclando a tradição italiana com o gosto e estilo local, e levando em consideração o que o mar e a terra tem a oferecer. Um ponto bem interessante, é que para os clientes com intolerância a lactose e/ou ao glúten, o restaurante tem pratos especiais indicados pelo chef. A sua carta de vinhos é outro ponto que chama a atenção, pois a casa fez questão de valorizar o vinho catarinense, escolhendo os vinhos da região de São Joaquim que foram selecionados pelos sócios, e com preços acessíveis. Em breve, a casa também estará oferecendo opções de vinhos italianos, incluindo o Prosecco.

  Como eu tenho amigos muito queridos, na hora dos pedidos cada um teve o cuidado de não repetir o prato só para o blog ter mais opções para apresentar para vocês. Será que eles são legais? =) Iniciamos à noite com o Couvert oferecido pelo nosso garçom, e que com certeza, entrou na listas dos nossos couverts favoritos. Na hora em que ele colocou a cestinha na mesa, já veio aquele cheirinho e o calor do pãezinhos sinalizando que eles estavam quentinhos. Os pãezinhos eram variados e vieram acompanhados de manteiga, azeite de oliva temperado e uma pastinha de lagostim que estava uma delícia e, realmente, os pãezinhos estavam macios e quentinhos. Para acompanhar a nossa entrada, escolhemos o vinho Rosè Monte Agudo Sublime (R$55), como já conhecíamos o vinho durante a nossa visita à São joaquim, sabíamos que era uma excelente escolha. 

Floripa na Mesa


Floripa na Mesa

  A minha escolha para o prato principal foi o Ravioli del Fatore (R$40), raviolis recheados com cordeiro ao molho de fondue de parmesão. Adorei o meu prato e, com certeza, comeria novamente, para ser sincera fiquei sonhando com ele no domingo. Talvez você olhando a foto, pense: "parece pouco", mas não é, o ravioli é bem recheado e o molho como é de queijo é mais consistente, ainda mais se você comer uma entrada, posso dizer que terminei bem satisfeita. Ainda na linha das massas recheadas, a minha amiga Bibi escolheu o Tortelli alla Bufala (R$40), massa fresca recheada com mozzarella de búfala ao molho de tomate e manjericão. Este era uma das opções que eu escolheria, e a Bibi adorou.

Floripa na Mesa

Floripa na Mesa

  O Guilherme foi no Filetto Padano (R$52), filé mignon ao molho de cogumelos e "panura" (crosta) de ervas, servido com batatas gratinadas. A carne estava muito saborosa e o prato agradou. O nosso amigo José escolheu o Spalla di Agnello "alla Dino" (R$52), paleta de cordeiro ao vinho Barolo com polenta cremosa, também foi muito elogiado. E para finalizar os pratos, o nosso amigo Willian escolheu o Gnocchi "della Regina" (R$40), nhoques de batata ao molho de tomate, pesto e mozzarella em crosta de pão. A apresentação do prato chamou a atenção sendo fechado com uma camada fina de pão crocante, e quando rompida, estava o prato bem quente. Sou apaixonada por molho vermelho e tive a oportunidade de prová-lo, e com certeza o próximo prato que pedirei será com este molho, estava uma delícia. No geral, todos ficaram muito satisfeitos com a sua escolha. 

Floripa na Mesa

Floripa na Mesa

Floripa na Mesa

Floripa na Mesa


  Para acompanhar o jantar, escolhemos o vinho Monte Agudo Carbenet Sauvignon - Merlot (R$55), um vinho mais encorpado que o primeiro, já que era tinto, mas também muito bom. 

Floripa na Mesa

  
  O horário de funcionamento da Osteria será de quarta a sábado no jantar, e durante o almoço abrirá nos sábados e domingos. Como a casa abriu a pouco tempo, o movimento ainda está tranquilo, mas se tem preferência por algum lugar específico; como o espaço kids; ou para grandes grupos, é interessante fazer reserva. A Osteria possui estacionamento próprio.

  Desejamos muito sucesso! Além de excelente pratos a casa tem uma atmosfera muito boa, tivemos um ótimo jantar e, com certeza, iremos voltar.




Praça Hercílio Luz, 177 - São José
(48) 3247-6900


Horário de Funcionamento:
Quarta a Sábado: Jantar
Sábado e Domingo: Almoço

terça-feira, 15 de setembro de 2015

Rosquinhas de Polvilho

  Se tem uma receita que eu adoro e, que para mim, tem gostinho de infância é a Rosquinha de Polvilho. É uma receita simples que vai muito bem no café da tarde, além de não conter glúten, sendo interessante para quem tem alergia ou alguma restrição a este ingrediente. A massa crua pode ser armazenada na geladeira (por cerca de 7 dias) ou no congelador por 3 meses. A receita também é sem lactose, mas pode-se acrescentar o queijo da sua preferência ralado, eu adoro e dá um gostinho a mais na rosquinha.  
  
Rosquinhas, no caso palitos, de Polvilho                        Floripa na Mesa

  Ingredientes:

  - 2 xícaras de polvilho azedo
  - 1 ovo
  - 1 colher (sopa) de óleo de coco (ou outro de sua preferência)
  - 2/3 xícara de água fervendo
  - sal a gosto (a receita original falava em uma pitada, para mim foi pouco e acrescentei mais)

  OBS: Como falei no início, eu acrescentei queijo parmesão ralado, e um pouquinho de provolone. Em outros dias acrescentei orégano, ou seja, você pode acrescentar outros ingrediente do seu gosto, como gergelim, linhaça, alecrim...    

  Preparo:

  Pré-aqueça o forno em 250 graus (inferior e superior, se o seu forno tiver essa opção). Misture o polvilho, o ovo e o sal. Após misturado, acrescente a água quente e amasse até formar uma massa homogênea. Faça rosquinhas ou palitos e coloque em uma forma com distância entre uma e outra, pois elas crescem. Baixe o forno para 200 graus e asse de 10 a 15 minutos, vai depender do seu forno e da espessura das rosquinhas. Se não for utilizar toda a massa, armazene na geladeira ou no freezer. 

  A receita original você encontra aqui.
  Qualquer dúvida é só perguntar. Bom apetite!

   



sexta-feira, 4 de setembro de 2015

Fresh Bowl Salads

  Quando fui convidada para a inauguração do Fresh Bowl Salads confesso que fiquei curiosa e um pouco sem saber o que esperar. "Um restaurante especializado em saladas, será que isso daria certo em Floripa?", foi o que eu pensei, porém, ao chegar ao restaurante que está localizado onde era a antiga Pizza na Pedra na Avenida Beira Mar, achei a ideia interessante e, que tem sim, tudo para dar certo.

  O ambiente é moderno, descolado e foi inspirado nos bares e restaurantes de Nova York. Além das mesinhas normais, possui uma mesa coletiva e uma "arquibancada" para refeições mais informais.

Imagem: Fresh Bowl

Arquibancada                                Imagem: Floripa na Mesa


  Na hora do almoço, pensando nas pessoas que necessitam de uma refeição rápida e saudável, o Fresh Bowl quis agregar praticidade e saúde. As saladas são feitas na hora, montadas na frente do cliente, que tem a opção de escolher entre sabores já montados; como a Thai com camarão, macarrão de arroz, amendoim e geleia de pimenta; ou montar a sua salada escolhendo os ingredientes . As opções montadas variam de R$17 a R$21 e a escolha do cliente é R$14 mais a proteína que é R$4 ou R$7. Não se engane achando que não sustenta, pois as saladas são bem servidas e se caso não é o que você quer comer, o restaurante oferece tapioca salgada e doce, e sanduíches naturaisÀ noite, além do que já oferecido durante o dia, entra o cardápio a la carte com opções de grelhados que variam de R$28 a R$37.

Salada Thai (Bowl menor que foi servida no coquetel)   Imagem: Floripa na Mesa

Imagem: Floripa na Mesa

  Estação das saladas                               Imagem: Floripa na Mesa


  No dia da inauguração tivemos a oportunidade de experimentar alguns pratos do Fresh Bowl. Adorei as opções das saladas, são muito bem preparadas e satisfazem muito, isto que estávamos provando um tamanho menor do que é servido no restaurante. Dos pratos a la carte, provamos o Salmão grelhado com cuscuz marroquino e o Risoto mix de arroz integral com quinua e cogumelos, já estou marcando uma nova visita só para experimentar novamente estes pratos.

Imagem: Floripa na Mesa

Salmão grelhado com cuscuz marroquino em versão mini     Imagem: Floripa na Mesa

 Risoto mix de arroz integral com quinua e cogumelos na versão mini    Imagem: Floripa na Mesa


  O Fresh Bowl também tem uma estação de açaí e sucos naturais. Provamos o frozen de açaí, é gostoso, mas achei doce para o meu gosto. Numa próxima visita quero provar o brownie feito com batata-doce, sem glúten, fiquei curiosa.

Imagem: Fresh Bowl

Imagem: Floripa na Mesa


  A casa funciona todos os dias, das 11h às 24h. Desejamos sucesso!





Rua Altamiro Guimarães, n°20 - Centro
(Esquina com a Av. Beira Mar)
Tel: (48) 3371-5824


     
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...